Gentio do Ouro – Candidato Ivonilton Vieira (PSD) declarou ao TSE gastos R$ 1.720,00 em campanha eleitoral:



Inicialmente o candidato Ivonilton Vieira (PSD) junto com seus 5 partidos coligados (PSD / PT / PMDB / PSDB / PCdoB) declararam um investimento de R$ 1.720,00 derivado de recursos não identificados no qual foram utilizados para cobrir os gastos de publicidade por materiais impressos.

A campanha para prefeito de Gentio do Ouro começa a pegar fogo. Já é possível ver nas ruas carros adesivados, bandeiras, cartazes e muros pintados.

Para financiar toda esta propaganda que o eleitor vê espalhada pela cidade, os candidatos contam com recursos do Fundo Partidário, doações de pessoas físicas e jurídicas, recursos do próprio candidato e outras receitas. 

Para tornar estes gastos mais transparentes a Justiça Eleitoral obriga os candidatos a declararem receitas e despesas da campanha. Nesta eleição a prestação de contas terá primeira parcial, segunda parcial e a prestação de contas final. O candidato que não apresentar a prestação de contas pode sofrer várias penalidades, inclusive ficar inelegível.

Inicialmente o candidato Ivonilton Vieira (PSD) junto com seus 5 partidos coligados (PSD / PT / PMDB / PSDB / PCdoB) declararam um investimento de R$ 1.720,00 derivado de recursos não identificados no qual foram utilizados para cobrir os gastos de publicidade por materiais impressos.

Pelo partido oposicionista (PP), o candidato Robério Cunha informou não ter gastado nada até o momento e nem ter recebido qualquer receita para a campanha.

A primeira parcial está disponível na internet, o eleitor interessado em acompanhar estes gastos pode acessar os links abaixo:

 (Prestações de contas candidato Ivonilton) http://inter01.tse.jus.br/spceweb.consulta.prestacaoconta2012/abrirDRDCandidatoServlet.do?sqCandidato=50000005057&sgUe=35254&parcial=1

(Prestações de contas candidato Robério) http://inter01.tse.jus.br/spceweb.consulta.prestacaoconta2012/abrirDRDCandidatoServlet.do?sqCandidato=50000015569&sgUe=35254&parcial=1

Por: Romeu Júnior

Comentários