ENQUETE: Como você avalia os 100 primeiros dias da gestão do prefeito Robério Cunha?

Gentiourenses importantes – Conheça a trajetória do grande líder político Alfredo Henrique Sampaio:



Nasceu no município de Gentio do Ouro, no distrito de Gameleira do Assuruá, onde também estão enterrados seus restos mortais. Do pó ao pó, como diz a Bíblia.

Por falar muito em sua terra natal, Henrique era conhecido por “Xiquexique”. Gostava de declamar nas festas do colégio, tendo preferência por poesias sertanejas.

Ali se forjava um espírito forte, adepto da liberdade e da democracia, princípios que nortearam toda a sua vida.

O golpe de 1964 já o encontrou na Escola de Medicina da Universidade Federal da Bahia, como participante ativo do Diretório Acadêmico da Escola de medicina, onde desenvolvia a resistência democrática contra a ditadura militar.

Em 1967, já médico formado, veio para Xiquexique, onde exerceu a medicina, sempre atento aos mais humildes e mais necessitados. Começou também a desenvolver uma atividade político partidário, fundando o MDB-Movimento Democrático Brasileiro, berço do atual PMDB e do PSDB.

Também nesse período, juntamente com o deputado Dilson Nogueira, participou da fundação do Hospital Regional, hoje Julieta Viana, tendo sido seu diretor por vários anos.

O trabalho como médico dedicado aos mais necessitados, aliado a um forte sentimento de liberdade e justiça, contribuíram para consolidar sua liderança política, na cidade e na região, o que acabou por levá-lo à Assembléia Legislativa, da Bahia, eleito deputado estadual pelo PMDB, 1987-1991, ficando como suplente na legislatura seguinte (1991-1995), voltando a ocupar a cadeira de deputado a partir 1993.

Henrique gostava de uma seresta, e consumia destilados, em uma quantidade maior que a prudência recomendava. Este hábito acabou por levá-lo prematuramente à morte, abrindo uma imensa lacuna na nossa política local, que até hoje não foi totalmente preenchida.

Se vivo fosse, estaria na luta política ao nosso lado, pela libertação do nosso município. No dia 2 de outubro 2012, marcou os 12 anos que Henrique nos deixou.


Por: Romeu Júnior

Comentários