Gentio do Ouro: Manobra salarial desvaloriza funcionalismo público:

Mediante tentativa de minimizar uma greve geral dos Servidores Públicos Municipais de Gentio do Ouro prevista para amanhã (13/09), o Prefeito Ivonilton Vieira (PSD) elevou o piso salarial para os servidores do setor da educação no importe de R$ 87,00 (Oitenta e sete reais).

Com o novo e mísero reajuste um professor, que antes ganhava R$ 783,00 passará a receber R$ 870,00 (Oitocentos e setenta reais).

O reajuste nada mais é do que uma manobra salarial, ou seja, um professor com 15 anos de serviços prestados, receberá o mesmo salário de  um professor recém contratado.
Por:  Romeu Júnior
Tecnologia do Blogger.